IBM SoftLayer segue expandindo seus serviços na Cloud, agora com Elastic Storage utilizando GPFS e Watson

Olá Amigos,

Vamos a mais uma publicação sobre IBM/SoftLayer e a expansão de seus serviços.

A IBM essa semana publicou detalhes sobre a tecnologia de Elastic Storage na Cloud disponível na SoftLayer.

A IBM Elastic Storage on Cloud (ESOC) é baseada na solução de da IBM chamada General Parallel File System (GPFS) e na tecnologia dos supercomputadores Watson. O GPFS ajuda a superar as limitações do NFS que o NAS tradicional enfrenta e Watson tratará de análise de dados.

O ESOC consiste em serviços da SoftLayer que irão utilizar recursos como bare-metal, software de gerenciamento de dados de alto desempenho, ligações InfiniBand entre servidores em cluster e oferece a capacidade de mover dados para a nuvem.

De acordo com Louise Westoby, gerente de marketing de produtos da IBM, a IBM desenvolveu o Elastic Storage em SoftLayer quando se descobriu que o NFS não foi suficiente para atender a alta demanda para análise de dados.

“O NFS era capaz de escalar até 100 terabytes, disse Westoby. Tivemos clientes que em escala bem acima disso. Na nuvem, a gama petabyte é necessário para fazer a computação em nuvem. Elastic Storage é um tipo diferente de sistema de arquivos que é capaz de lidar com essas cargas de trabalho.

O novo serviço pode estar em uma nuvem híbrida ou 100% em nuvem pública da SoftLayer. Elastic Storage funciona como um plano de controle que lida com dados de forma inteligente. O software pode mover automaticamente os dados inativos ou pouco acessados ​​para armazenamento mais barato, deixando os recursos de armazenamento mais caros, como o flash para dados quentes e mais rápido. A gestão é guiada por análises, que utilizam padrões, características de armazenamento e de rede para determinar para onde mover os dados.

O software também inclui recursos de proteção de dados, como backup e snapshots automatizado. software usa uma cópia dos dados para replicação de snapshots, reduzindo a quantidade de armazenamento consumido.

O Elastic Storage suporta OpenStack Swift, assim os usuários podem acessar e gerenciar dados em nuvens privadas e públicas. Ele também funciona com o Hadoop. Os clientes podem implementar aplicações em clusters totalmente suportados usando Elastic Storage IBM Platform LSF. Tambem possui criptografia nativa e recursos de exclusão de dados seguro, assim como o cache do lado do servidor para aumentar o desempenho de I / O.

Os preços do ESOC devem começar em $13.735 por 100 TB por mês, que inclui licenças de software, infra-estrutura e apoio SoftLayer. Isso é quase três vezes o custo de armazenamento de objetos SoftLayer, que custa quatro centavos de dólar por gigabyte por mês ou 4.096 dólares por 100 TB por mês.

Lembrando que a IBM planeja ter 40 locais de centro de dados SoftLayer até o final de 2014.

Referencia: Search Cloud Storage

Obrigado e abraços,


Thiago Viola – IBM Cloud Representative
E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s