A Cloud caiu ? E agora ?

Ué, a Cloud não será para ser totalmente redundante e disponível ? O que aconteceu ?

Existe um mito que ter servidores ou aplicações na Cloud descarta-se a necessidade de preocupação com problemas de camada física como a disponibilidade da energia com no-break, geradores, energia elétrica, rede física e também de camada lógica com sistemas operacionais, virtualizadores, sofwares, storage, etc.

Para todas as citações acima você (sua empresa) estão ‘delegando’ essas preocupações para o provedor de Cloud, mas o quão confiável esse provedor é ?

Muitas empresas que operam suas aplicações em Cloud podem ser surpreendidas por não lerem as letras miúdas de cada um dos serviços contratados. Imaginem só a indisponibilidade de um Data Center causado pela queda de energia elétrica, essa parada tornará indisponível todos os clientes que ali estão. Esse é um tipo de problema bem difícil de acontecer, mas acontece, aconteceu e acontecerá.

nuveminterrupta

A afirmação que ao colocar um servidor ou aplicação na Cloud inibe a possibilidade de indisponibilidade é totalmente equivocada. Costumo dizer que na Cloud as coisas não funcionam ‘automagicamente’. Paremos para pensar … tudo que for executado ou armazenado na Cloud precisará estar em algum local físico independentemente do serviço ser IaaS, PaaS ou SaaS.

Na grande maioria dos casos, os clientes ao colocarem seus sistemas em um fornecedor de Cloud esquecem de ler os níveis de disponibilidade oferecido, esquecem de considerar um contigenciamento, um backup ou até mesmo um Disaster recovery de suas soluções.

Não acredite em ‘poderem mágicos’ na Cloud, tenha em mente que uma das grandes vantagens da Cloud é justamente a facilidade e possibilidade de utilização de múltiplos Data Centers assim como a replicação de dados tornando sua aplicação e ambiente disponivel em diferentes cidades, estados ou países.

A dica aqui é: Preocupe-se com o funcionamento de sua aplicação, valide com o provedor de Cloud se o serviço utilizado está coberto por SLA, se o nível de gerenciamento oferecido condiz com sua expectativa e torne as coisas bem simples quanto a disponibilidade.

Lembre-se, seu sistema estar operando na Cloud parte da responsabilidade é sua também – imagine o quão custoso pode ser para seu negócio ter recursos parados e o não cumprimento de um SLA.

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
IBM Cloud Services Sales Manager
SoftLayer Subject Matter Expert

E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87
Slide Share: http://www.slideshare.net/ThiagoViola

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s