VMware vCenter 6.5 disponível na Cloud IBM SoftLayer

Olá Leitores, Boa Tarde.

A VMware oficialmente lançou a nova versão da sua plataforma de virtualização, o vSphere 6.5., o anúncio ocorreu na abertura da edição européia da VMworld 2016 e teve sua efetivação do vCenter 6.5 em Cloud IBM SoftLayer no final do mês de Dezembro.

Inicialmente sobre o catálogo todo do vSphere 6.5 a lista de novidades não traz nada revolucionário, mas existem melhorias em vários componentes além de algumas limitações importantes que foram corrigidas nesta versão.

Para começar, o instalador tem uma aparência moderna. Usuários de Linux e Mac também ficarão felizes já que o instalador é suportado nessas plataformas juntamente com o Microsoft Windows.

Além disso o vCenter Server Appliance agora possui recursos que são exclusivos, como:       Migração, Melhoria na gestão, VMware Update Manager, Alta disponibilidade nativa e Backup / Restauração incorporado.

Algumas funcionalidades aprimoradas e incorporadas ao VSphere 6.5 que chamaram minha atenção foram as seguintes.:

HA Orchestrated Restart

A principal função do HA é garantir que as VMs estejam sempre disponíveis, por isso ao detectar uma falha em um host, o principal objetivo do HA passa a ser religar o quanto antes as VMs, que estavam no host que falhou, nos demais hosts que permaneceram disponíveis. Infelizmente, nem sempre o fato de religar as VMs em outros hosts significava que uma aplicação voltaria funcionar. Esse era o cenário encontrado no caso das aplicações Multi-tier, por exemplo com uma VM para Web-Server, uma para App e uma para BD, se o HA ligasse a VM de App antes da VM do BD, é provável que a aplicação não subiria corretamente e uma intervenção manual seria necessária, aumentando o tempo de recuperação do ambiente.

No vSphere 6.5 foi adicionada uma funcionalidade chamada de HA Orchestrated Restart, que permitirá a criação de grupos de VMs e de regras que irão controlar a ordem com que as VMs nestes grupos serão ligadas.

orchestrated-restart

A imagem acima exemplifica bem como o Orchestrated Restart funciona. Neste caso 3 grupos de VMs seriam criados. O grupo 1 com a VM de BD, o grupo 2 com a VM de App e o grupo 3 com a VM de Web. Em seguida duas regras seriam criadas, a primeira configurando a dependência do grupo 2 ao grupo 1, ou seja, a VM do grupo 2 só vai ligar após a VM do grupo 1. A segunda regra configuraria a dependência do grupo 3 ao grupo 2, o que fará com que a VM do grupo 3 só seja ligada após a VM do grupo 2.  O tempo de espera entre o ligamento das VMs dependerá da configuração da opção “VM Dependency Restart Condition”.

 

 

VM Distribution 

A primeira opção faz com que o DRS tente balancear as VMs de maneira mais igual entre os hosts ESXi de um cluster. Por padrão o DRS distribui as VMs em um cluster levando em conta mais a utilização dos recursos nos hosts, e tenta manter uma utilização próxima entre os hosts, independente do número de VMs.

Essa opção, VM Distribution, corresponde à opção avançada TryBalanceVmsPerHost, que foi adicionada no vSphere 6.5 para tentar balancear o número de VMs nos hosts.  Por exemplo, muitas vezes acontece de existir uma VM muito grande em um cluster, algumas VMs médias e muitas VMs pequenas. Pode acontecer do DRS alocar a VM grande sozinha em um host e alocar outras dezenas de VMs menores em um outro host.

Do ponto de vista da utilização dos recursos, esse cenário até poderá estar bem distribuído, porém do ponto de vista da disponibilidade das VMs, não está. Pois, enquanto a queda de um host pode resultar na indisponibilidade de uma única VM, a queda do outro pode resultar na indisponibilidade de dezenas de VMs.

Com a opção VM Distribution habilitada, cada host terá um limite de VMs “maxVMs”, calculado com base numa média de VMs por host. Esse limite será aplicado somente ao algoritmo de balanceamento de carga do DRS, no caso do algoritmo que define o melhor host na hora de ligar uma VM, esse limite poderá esse violado.

proactivedrs

 

Exclusivamente sobre Cloud IBM SoftLayer e o vCenter na versão 6.5 este já está disponível e pronto para ser utilizado.

O vCenter 6.5 fornece algumas correções e resolve alguns problemas de compatibilidade com versões vSphere mais recentes. Como antes, ainda é uma opção gratuita para qualquer cliente com uma licença do VMware vSphere hypervisor. O vCenter pode ser adicionado a um servidor Windows, selecionando-o sob OS Specific Add-ons no formulário de pedido.

O vCenter pode oferecer suporte a versões mais antigas do vSphere hypervisor, portanto não há problema com os sistemas vSphere mais antigos.

Faça agora mesmo sua solicitação através do portal da Cloud IBM SoftLayer.

screen-shot-2017-01-21-at-10-19-36-pm

Veja mais novidades através do link.: https://blogs.vmware.com/vsphere/2016/10/whats-new-in-vsphere-6-5-vcenter-server.html

https://www.vmware.com/content/dam/digitalmarketing/vmware/en/pdf/whitepaper/vsphere/vmw-white-paper-vsphr-whats-new-6-5.pdf

http://vmwarebrasil.blogspot.com.br/2016/10/o-que-ha-de-novo-no-vsphere-65-vsphere-drs.html

 

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
Cloud Mid Market Sales Leader
SoftLayer Subject Matter Expert

E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87
Slide Share: http://www.slideshare.net/ThiagoViola

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s