Infrastructure as a Code – Você conhece?

Olá Leitores, Boa Tarde.

Sempre que falamos sobre Cloud Computing e o mundo de Infrastructure as a Service (IaaS) é comum imaginarmos um portal com múltiplas opções, facil interação, gráficos e relatórios por todos os lados, certo ? Mas e a automação de tudo isso ?  Como avançar do mundo ‘ as a service ‘ para o ‘as a code’ ?

O surgimento de hardware definido por software deu origem à frase “Infra-estrutura como código” ou “Infrastructure as a Code” para descrever o modo como esses ambientes são gerenciados.

O Infrastructure as Code (IAC) é um tipo de infra-estrutura de TI que as equipes de TI podem gerenciar e provisionar automaticamente por meio de código, ao invés de usar um processo manual. Infraestrutura como Código é algumas vezes referida como infra-estrutura programável.

digital composite of laptop with hacking graphic

O conceito de IAC é semelhante aos scripts de programação que são usados para automatizar processos. No entanto, os scripts são usados principalmente para automatizar uma série de etapas estáticas que devem ser repetidas várias vezes em vários servidores. Em vez de scripts, o IAC usa linguagem de alto nível ou descritiva para codificar processos mais versáteis e adaptativos de provisionamento e implantação.

Na prática por exemplo, o IAC codificado com o Python, poderia instalar o servidor MySQL, verificar se o MySQL está funcionando corretamente, criar uma conta de usuário e senha, configurar um novo banco de dados e remover bancos de dados desnecessários – tudo por meio de código.

Certamente o movimento DevOps e sua necesside infinita de automação deu origem a buzzwords, fazendo com que a sentença “infra-estrutura como código” aumente sua proeminência.

Usar “código” para provisionar e implantar servidores e aplicativos é particularmente interessante para desenvolvedores de software – em vez de precisar de  administradores de sistema para fornecer e gerenciar o aspecto de operações de um ambiente DevOps, um desenvolvedor pode escrever um processo IAC para provisionar e implantar um novo aplicativo para garantia de qualidade ou implantação experimental.

Grandes vantagens na integração de um IAC na administração de sistemas, operações de TI e processos DevOps com políticas e procedimentos bem documentados.

Apesar dos seus benefícios, se existe algo mal documentado por exemplo, o desenvolvimento de código IAC pode exigir ferramentas adicionais que poderiam introduzir curvas de aprendizagem, além de espaço para erros.  Lembre-se que quaisquer erros no código IAC podem proliferar rapidamente através de servidores.

Alguns dos primeiros fornecedores de gerenciamento de configurações (CM), como SaltStack, CFengine, começaram a fornecer os meios de gerenciar o provisionamento mais automatizado de código em plataformas compartilhadas de computação em nuvem. No entanto existem algumas ferramentas comuns para permitir IAC como: Vagrant, Puppet e Chef.

Abaixo um exemplo de interação de IAC com Cloud IBM SoftLayer.:

 

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
Cloud Mid Market Sales Leader
SoftLayer Subject Matter Expert

E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87
Slide Share: http://www.slideshare.net/ThiagoViola

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s