Consigo ver detalhes físicos de meu servidor na Cloud ?

Olá Leitores, Bom Dia.

Algumas empresas ainda sentem aquela necessidade do ‘tocar’ o equipamento, vê-lo em funcionamento e portanto, ouço muito a pergunta: “Consigo ver detalhes físicos de meu servidor na Cloud” ?

Se voltarmos a alguns anos atras a ‘moda’ em TI era de se buscar provedores que pudessem fazer OutSourcing, Full OutSourcing, Hosting ou Collocation e assim era possível o acesso fisico e virtual no DataCenter.

Porém e na Cloud como isso funciona ?

A Cloud IBM SoftLayer com a tecnologia de Bare Metal Server é inovadora nesse sentido e podemos responder com um GRANDE SIM.

1. Acesse o painel de controle [Control.SoftLayer.com]

2. Selecione Device > Device List e clique sobre o servidor bare-metal.

3. Nos detalhes do servidor teremos um aba com o nome de Remote Mgmt

4. Na console do servidor terá detalhes de temperatura de processador, power supply, velocidade das Funs, etc.

Screenshot_1

Screenshot_2

 

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
IBM Cloud Services Sales Representative
SoftLayer Subject Matter Expert

E-mail: thiagovola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

Citação

IBM SoftLayer e Amazon AWS: Qual a diferença ?

Olá Leitores, Bom Dia.

Recentemente assisti uma apresentação sobre o tema SoftLayer x AWS e também algumas considerações feitas pelo Twitter por alguns experts de Cloud Computing.

Por tal motivo resolvi fazer um post ponderando alguns detalhes entre os dois provedores. Minha intenção aqui é apenas desmistificar e mostrar como cada provedor provê seus serviços de IaaS as empresas.

AWSAs pessoas e empresas costumam comparar a Cloud IBM SoftLayer com Amazon Web Services (AWS) e é fácil entender o porquê.

softlayerAmbas possuem plataformas de infraestrutura escalável para fornecer recursos de nuvem ao para todos os diferentes tipo de clientes do mundo.

A comparação é compreensível então vamos a primeira afimação: “A plataforma SoftLayer é fundamentalmente diferente da AWS.”

Basicamente falando, a AWS poderia ser executada na SoftLayer.
Já a SoftLayer não poderia ser executado na AWS.



O que a AWS provisiona em uma Cloud Pública ?

Quando a AWS começou a permitir que os clientes contratassem máquinas virtuais implementadas em sua infra-estrutura o foco basicamente era em seu ‘ramo’ de negócio e-commerce. E com isso a AWS acelerou o provisionamento de servidores de hospedagem Web virtual.

No ambiente de Cloud AWS, os clientes provisionam recursos que necessitam como:  servidores e storage, e a AWS implanta esses recursos sob demanda. É de se confessar que a mecânica de implantação é notável.

A AWS possui DataCenters completos de servidores físicos que são integrados uns com os outros em um ambiente de nuvem pública. Esses servidores são gerenciados e mantidos pela AWS Amazon e eles coletivamente compõem a infraestrutura de nuvem disponíveis na instalação.

A AWS instala uma camada de virtualização (também conhecido como hypervisor) sobre esses servidores físicos para amarrar os nós individuais tendo a capacidade total do ambiente. Quando um cliente solicita um servidor na nuvem da AWS, esta camada de virtualização encontra um nó com a A imagem do servidor com o sistema do cliente desejado operacional, aplicativos, etc. Todo o processo é rápido e automatizado, e cada cliente tem controle e acesso aos recursos solicitados.


A SoftLayer provisiona a Cloud Pública e MUITO MAIS !

A plataforma da SoftLayer é projetada para dar aos clientes acesso completo e controle sobre a infra-estrutura real de que eles precisam para construir uma solução na nuvem.

Automatizada, flexível, de fácil implantação e gestão dos próprios servidores, armazenamento, e os próprios recursos de hardware de segurança, estão hospedados em nossos DataCenters para que os clientes não tenham que construir suas próprias instalações ou comprar seu próprio hardware para obter a confiança ou uma computação de alto desempenho.

Tudo nos DataCenters SoftLayer é transparente, automatizado, integrado e construído sobre uma API aberta que os clientes podem acessar diretamente. Cada servidor está conectado a três redes físicas distintas, de modo que, e tráfego de rede de gestão público-privada são segmentadas. E o nosso suporte técnico especializado está disponível para todos os clientes, 24x7x365 – sem custo.

Observe que a automação e integração de nossa plataforma acontece no nível de DataCenter. Nós podemos fornecer a instância virtual assim como a AWS, porém podemos fazer muito mais que isso.

Podemos implantar servidores bare metal da mesma forma AWS utilizam servidores de nuvem pública (embora, na verdade, os servidores bare metal levam mais tempo para implementar do que os servidores virtuais).

Com a Cloud IBM SoftLayer o cliente tem maior possibilidade de escolha e controle em seus ambientes de nuvem, podendo escolher desde o Hypervisor até a instância virtual.

Basicamente em uma figura, podemos dizer que as diversão são as seguintes:

slxaws

Outro  detalhe importante é a arquitetura de rede da SoftLayer é única. Os clientes podem encomendar um servidor em Dallas e outro em Hong Kong, e esses dois servidores podem se comunicar uns com os outros diretamente e livremente através da rede privada, sem interferir com o tráfego da rede pública dos clientes.


AWS vs SoftLayer

Fato é que parte do negócio da nuvem SoftLayer certamente compete com AWS.
Quando comparado servidores virtuais, e possível nos deparamos com uma série de semelhanças. Mas este post não é sobre a comparação entre as ofertas … E sim da explicação de como a SoftLayer é diferente.

  • Bare Metal. A SoftLayer é capaz de fornecer recursos de servidores bare metal para os clientes. Isso permite que os clientes tenham um poder de computação a ser escolhido, igual a um servidor em um hosting ou colocation. Certamente dá a possibilidade para o cliente escolher Virtualizador, sistema operacional, tipo de disco, nível de RAID, entre outros. Já a AWS não provisione recursos bare metal.
  • Private Network. A AWS se diferencia fornecendo “availability zones” e “regions” para os clientes que querem expandir sua infraestrutura de nuvem em vários locais. Já a SoftLayer tem DataCenters interligados em uma rede privada global. Os clientes podem selecionar o local específico na SoftLayer que eles querem provisionar servidores.
  • Private Network com custo zero.  Quando os clientes da AWS movem dados entre  servidores da AWS, eles vêem com custo de “Inter-Region Data Transfer Out” e “Intra-Region Data Transfer” em suas contas. Já na Softlayer se você estiver movendo dados de uma servidor SoftLayer para outro servidor/DataCenter SoftLayer (em qualquer lugar do mundo),  a transferência é gratuito e ilimitado. E não irá utilizar o tráfego público de banda larga.
  • Trafego na Internet. Na SoftLayer servidores bare metal provisionados com o modelo de faturamento mensal incluem 20TB / mês de largura de banda de saída pública e servidores virtuais provisionados com faturamento mensal incluem 5TB / mês de largura de banda de saída pública. Com a AWS, os clientes pagam uma taxa por GB de largura de banda.
  • Suporte. A SoftLayer oferece uma ampla gama de gestão, acompanhamento, e opções de suporte a clientes, sem nenhum custo adicional. Na AWS você terá encargos da AWS para o monitoramento com base em métricas, frequência e número de alarmes por recurso. E terá um custo mensal adicional para o suporte.

Feito todas as comparações e apresentados os detalhes, podemos concluir respondendo as perguntas:

  • A SoftLayer e a AWS oferecem ao mercado IaaS (Infrastructure as a Service)?
    Resposta: SIM
  • SoftLayer e AWS oferecem o mesmo serviço ?
    Resposta: NÃO

É isso pessoal, se tiver alguma dúvida ou algo em que posso ajudar estarei a disposição.

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
IBM Cloud Services Sales Representative
SoftLayer Subject Matter Expert

E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

Quais são os Load Balancing disponíveis na Cloud IBM SoftLayer [Parte X]

Olá Leitores, Boa Tarde.

FIM!!! Último post sobre network, o número 10 – Quais são os Load Balancing disponíveis na Cloud IBM SoftLayer.

Local Load Balancing

O SoftLayer Local Load Balancing utiliza as tecnicas mais avanças de balanceamento de carga para diminuir latencia, evitar a perda de conexões, garantir um resposta em menos tempo e IP persistence no balanceamento entre os servidores.

Esse serviço pode ser ativado on-demand e configurado em real-time e assim você poderá adicionar ou remover servidores do balancing pool.

Iniciando em 250 Connections, o valor de $49.99 – chegando até 5000 Connections $999.99.

loadbalancing1

 

Para requisitá-lo, basta seguir os procedimentos abaixo:

1. Acessar o Painel de Control [Control.SoftLayer.Com]

2. Acessar a opção de Network > Load Balancing > Local

opt1

3.Clicar sob a opção > Order Local Load Balancer.

opt2

4. Selecionar qual o DataCenter e o número de conexões disponíveis.

opt3

Local & Global Load Balancing

O Local &Global Load Balancing utiliza tecnicas de distribuições entre servidores utilizando o Citrix NetScaler VPX. Esse serviço também Esse serviço pode ser ativado on-demand e configurado baseado em DNS local ou global.

Para a contratação do Global Load Balancing – Citrix NetScaler VPX, tem valor inicial em $299 dolares / mês, a Standard Edition com 10 Mbps.

loadbalancing2

Espero que tenham gostado da sequencia de 10 posts voltados para instruções de serviços de network.

Fico a disposição caso tenham dúvidas.

Obrigado e abraços,


Thiago Viola – IBM Cloud Representative
E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

O que posso utilizar de Network Appliances na Cloud IBM SoftLayer [Parte IX]

Olá Leitores, Boa Tarde.

Estamos quase no fim, portanto, vamos ao post sobre Network número 9 – O que posso utilizar de Network Appliances na Cloud IBM SoftLayer.

 

vyattaAll in one device.

Proteja sua infraestrutura de nuvem e tenha serviços on demand com performance e baixo custo.

O VYATTA te oferece diversos recursos em 1 appliance:

Firewall        VPN               Load-balancing

NAT        QoS               Router

 

CitrixNetScaler

Garanta que sua Nuvem estará sempre disponível, protegida e obtendo o melhor throughput. Com o Citrix NetScaler Standard & Platinum você terá muitas opções de configuração para quando de acessibilidade a seus serviços.

Maiores referências na página da SoftLayer. [ http://www.softlayer.com/network-appliances ]

Obrigado e abraços,


Thiago Viola – IBM Cloud Representative
E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

Segregando a Public Bandwidth na Cloud IBM SoftLayer [Parte VI]

Olá Leitores.

Após uma semana de eventos e compartilhamento sobre Cloud IBM SoftLayer, vamos ao post sobre Network número 6 – Segregando a Public Bandwidth na Cloud IBM SoftLayer.

Comentei no post de número V que você pode desabilitar a Public Bandwidth, certo ?
E como fica aquela franquia de 5 TB ou 20 TB que você possui naquela máquina. Irei perder?

Resposta: NÃO !! Você pode segregar essa quantidade em outro equipamento e assim SOMAR o total de outbound por mês.

Imagine que você possui uma solução com 3 servidores virtuais. Um para a camada web, outro para aplicação e um terceiro para banco de dados. Desses 3 servidores, apenas um irá se conectar a internet para fornecer dados e receber requisições.

Uma das vantagens da SoftLayer é permitir que cada servidor virtual permita que você trafegue até 5000GB sem custo, de dentro do seu Data Center para a Internet (chamado também de outbound bandwidth).

Outros provedores de cloud computing cobram entre 0,12 e 0,19 centavos de dólar por GB / mês.

Para cada servidor físico provisionado (baremetal), esse tráfego sobe para 20000GB sem custo adicional.

E além da vantagem de possuir um volume bastante considerável de tráfego outbound sem custo, a SoftLayer permite ainda que você some essas capacidades e a utilize através de um único servidor.

No exemplo que iniciei acima, apenas um servidor precisaria enviar dados para a internet, então eu teria a seguinte situação:

Server 1 : 5000GB
Server 2 : 5000GB (volume sem utilização)
Server 3 : 5000GB (volume sem utilização)

Total 15000GB para “sair” por um único servidor.

Para operacionalizar isso dentro da SoftLayer é necessário seguir alguns passos:

1. No portal da SoftLayer [Control.softlayer.com] acessar o menu “Network” > “Bandwidth” > “Pools”

pool12. Clique em “add” e dê um nome ao “pool name” e selecione uma região. Para finalizar clique no botão “add” a direita.

pool2

3. O grupo será criado e aparecerá numa lista. Clique sobre o nome do pool criado e clique em “add server” e depois no botão “select” para adicionar cada um dos servidores ao pool.

pool3
Observe que haverá a cobrança de 25 dólares para cada servidor adicionado ao pool e a cobrança única de 25 dólares por servidor. Então no exemplo acima, para eu permitir que apenas um servidor possa trafegar 15000GB sem custo (5000 + 5000 + 5000), a conta ficaria:

Pagamento único: 25 dólares x 3 = 75 dólares
Pagamento mensal, enquanto utilizar o bandwidth pool : 25 dólares x 3 = 75 dólares

Mais uma vez o meu Muito Obrigado, ao meu amigo Rudnei pela dispobilização do conhecimento técnico e a possibilidade do uso do post.

Obrigado e abraços,


Thiago Viola – IBM Cloud Representative
E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

Desabilitando a Public Bandwidth na Cloud IBM SoftLayer [Parte V]

Leitores, Bom Dia.

Após o evento de StartUp São Paulo realizado aqui na IBM Brasil, vamos ao post sobre Network número 5 – Desabilitando a Public Bandwidth na Cloud IBM SoftLayer.

Comentei no post de número I, III e IV que ao provisionar um servidor físico ou virtual você terá PRIVATE Network e PUBLIC Network, certo ?

Então aqui cabe a pergunta – Por qual motivo eu desabilitaria a PUBLIC e como esse servidor irá se comunicar com os demais ?

Resposta: O exemplo mais simples que podemos abordar é um servidor de BANCO DE DADOS . Qual a necessidade de deixarmos o banco de dados exposto na INTERNET, sofrendo ataques, tentativas de acesso e invasão? – Não há necessidade.

Desse modo podemos desabilitar a PUBLIC network via Portal através dos steps abaixo:

1. Acesse a página web: https://control.softlayer.com/

2. No portal clique sobre Device > Device List.

device

3. Selecione qual o servidor que deseja desabilitar a Public Network.

device2

4. Ao abrir a nova janela, acessar a opção de Network e você terá os indicativos de Public e Private com a possibilidade aumentar ou diminuir a velocidade ou até desabilitar.

device3

Desabilitando a Public network você poderá fazer os servidores de comunicarem através de Private network, lembrem-se SEM CUSTO !!!

Obrigado e abraços,


Thiago Viola – IBM Cloud Representative
E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

Public Bandwidth na Cloud IBM SoftLayer [Parte IV]

Oi Leitores.

Post sobre Network número 4 – Public Bandwidth na Cloud IBM SoftLayer.

Não gosto de ser repetitivo mas aqui está mais um dos grandes diferenciais de network de nossa nuvem !

Ao provisionar um servidor virtual na SoftLayer você encontrará na seção “Network Options” uma opção chamada “Public Bandwidth”.

Public Bandwidth, também chamado de tráfego OUTBOUND em algumas documentações ou artigos, se refere ao tráfego de dados que “sai” do Data Center da SoftLayer para a internet. Mais conhecido como, download.

diagram public bandwidthA Saída OUTBOUND da Cloud IBM SoftLayer possui franquia na contratação de servidores físicos ou virtuais no modelo mensal.

Franquia de 5TB / Mês de tráfego outbound para Instâncias Virtuais;
Franquia de 20TB / Mês de tráfego outbound para Bare Metal;

Ressalto que a grande maioria de provedores de Cloud cobra por esse tráfego.

Exemplo Prático:
Você possui um Web Server na SoftLayer e um usuário da internet baixa um conteúdo de vídeo. Isso gera um tráfego que é medido. E essa medição ocorre o tempo todo durante todo o mês.
A SoftLayer é a única provedora de Cloud do mercado que lhe permite essa quantidade de dados trafegados de dentro de seu Data Center para a internet em até 5 TB por cada servidor virtual e para cada servidor físico, ela permite até 20.000GB sem custo!
Só para se ter idéia da econômia mensal que isso representa em alguns projetos, outros grandes provedores de cloud computing do mercado cobram entre US$ 0,12 e 0,19 por GB / mês!
Apenas para um servidor virtual contratado na SoftLayer, isso geraria uma econômia de US$ 599,88 (0,12 x 4999), já que o primeiro gigabyte é “sem custo” no caso do provedor que cobra US$ 0,12!
Vejam só o TAMANHO da VANTAGEM que o OUTBOUND que a Cloud IBM SoftLayer traz para você cliente.

Obrigado e abraços,


Thiago Viola – IBM Cloud Representative
E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87