Reserved Instances – Escolha 01 ano ou 03 anos e veja a economia possível no consumo de Cloud.

Olá Leitores, Bom Dia.

Buscando por economia em Cloud? Eu tenho uma boa notícia para compartilhar!

A novidade de hoje é o lançamento do modelo de consumo por “Reserved Instances”, no bom e velho português, Instâncias reservadas. Este modelo de consumo é uma “prática” na maioria dos provedores de Cloud do mercado e a IBM igualou e trouxe novidades para o modelo os quais vou compartilhar com vocês.

O IBM® Cloud Virtual Servers “Reserved Instances” é uma ótima opção se você deseja recursos computacionais garantidos para implementações e redução de custos. O cliente poderá escolher entre um contrato de um (01) ou três (03) anos para a sua capacidade reservada. Você tem a garantia desta capacidade dentro do POD e do data center de sua escolha durante a vigência do contrato.

Se sua empresa, seu modelo de negócio, seu planejamento e seu consumo de tecnologia se enquadram nesse modelo, acesse agora mesmo o portal de IBM Cloud, pois os descontos são valores expressivos e podem a chegar a 70% de redução do valor mensal a ser pago, dependendo da escolha feita. [Não tem erro de digitação, 70% MESMO].

A simulação do valor é bem simples, basta acessar o portal de IBM Cloud escolher a opção de Virtual Server > Reserved Virtual Server > Virtual Server Instance e na tela aparecerá os valores.

Screen Shot 2018-11-01 at 10.37.12

Quer saber na prática como funciona o provisionamento, as questões técnicas e alguns exemplos de redução ? Veja o vídeo a seguir onde eu navego no portal demonstrando.

 

Veja algumas perguntas que podem aparecer.

Quando devo provisionar e utilizar “Reserved Instances” ?
O Reserved Instances é uma ótima opção se você deseja recursos computacionais garantidos para implementações na maioria das vezes estáticas, que não tenham um requerimento de escalabilidade e elasticidade além é claro de redução de custos.

O pagamento é adiantado(upfront) ou mensal?
A capacidade reservada e as instâncias são adquiridas por um período de um ou três anos. Depois desse ponto, você está comprometido com um pagamento mensal.

O que acontece se eu não precisar mais das minhas instâncias reservadas?
Você pode recuperar instâncias de servidor virtual reservadas, mas não pode cancelar a capacidade reservada.

O “Reserved Instances” está disponível para servidores Bare Metal ?
Por enquanto não. A escolha de reserved instances está disponível apenas para capacidades e servidores virtuais.

No FAQ oficial de IBM Cloud – Reserved Instances vocês encontrarão maiores informações e detalhes sobre o assunto.

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
Cloud Digital Sales Executive
MBA Cloud Computing Teacher

E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87
Slide Share: http://www.slideshare.net/ThiagoViola

Anúncios

IBM adquire Red Hat, tornando-se o provedor de Cloud híbrida número 1 do mundo!

Olá Leitores,

Hoje a notícia é bem quente, IBM adquire Red Hat, por US $34 bilhões, tornando-se a maior aquisição da gigante de serviços de computação, expandindo assim os serviços baseados em Cloud.

redhat-ibm-one

As notícias já podem ser encontradas nos principais veículos de mídia internacional: NewsRoomIBM, Bloomberg, CNBC, entre outros.

Essa aquisição reúne os melhores provedores de Cloud híbrida da categoria e permitirá que as empresas movam com segurança todos os aplicativos de negócios para a Cloud. As empresas hoje já estão usando várias nuvens. A IBM e a Red Hat estarão fortemente posicionadas para resolver e acelerar a adoção híbrida de várias nuvens. Juntos, eles ajudarão os clientes a criar aplicativos de negócios nativos da Cloud mais rapidamente, proporcionando maior portabilidade e segurança de dados e aplicativos em várias nuvens públicas e privadas, tudo com gerenciamento de Cloud consistente.

Ao fazer isso, eles aproveitarão sua liderança compartilhada em tecnologias essenciais, como Linux, containers, Kubernetes, gerenciamento de várias nuvens e gerenciamento e automação de Cloud.

“The acquisition of Red Hat is a game-changer. It changes everything about the cloud market,” said Ginni Rometty, IBM Chairman, President and Chief Executive Officer. “IBM will become the world’s #1 hybrid cloud provider, offering companies the only open cloud solution that will unlock the full value of the cloud for their businesses.

Em posts anteriores eu já havía sinalizado que a parceria entre IBM e RedHat estava bem fortalecida e cumpria grande fatores de entrega FULL STACK para todos os clientes.
Em pensar que a junção da IBM e RedHat trará aos clientes a possibilidade de trabalharmos do “DataCenter” passando por Hypervisor, Sistema Operacional, OpenShift, ICP (IBM Cloud Private) e chegando até o IBM Middleware .. será um espetáculo !!!

Vale lembrar aqui também que o tema “Open Source”  tem sido o maior tema em tecnologia este ano. Antes da aquisição da Red Hat pela IBM, dois dos maiores acordos de tecnologia do ano foram a compra de US$7,5 bilhões da Microsoft pelo GitHub, e também no início deste mês, os grandes rivais Cloudera e Hortonworks concordaram em se unir em um negócio de US$5,2 bilhões.

Outro tema que fortalece essa parceira é a liderança compartilhada em tecnologias essenciais, como Linux, containers e Kubernetes.

E por fim e matador eu vejo que a adoção de Cloud continua a ser facilitada aos clientes,  tornando o IBM Cloud, o único provedor de nuvem capaz de oferecer aos clientes uma arquitetura de nuvem abrangendo privada, pública e híbrida para atender às suas necessidades de flexibilidade, escalabilidade e portabilidade, sem bloqueio.

A RedHat se tornará uma unidade da divisão Hybrid Cloud da IBM, com Jim Whitehurst, CEO da Red Hat, se juntando à equipe de gerenciamento sênior da IBM e se reportando à CEO Ginni Rometty.

Com essa aquisição IBM e a Red Hat se tornarão a principal empresa Hybrid multi-Cloud do mundo.  UOU !!!! Seja bem vinda REDHAT !!!

As principais perguntas e respostas para a parceria podem ser encontradas abaixo:
News Room IBM – Q/A

ibm_redhat

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
Cloud Digital Sales Executive
MBA Cloud Computing Teacher

E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87
Slide Share: http://www.slideshare.net/ThiagoViola

Inteligência Artificial – Que tal descobrir o que temos dentro dessa caixa preta ?

Olá Leitores,

De acordo com um estudo recente do IBV, 82% das empresas consideram usar Inteligência Artificial em seus negócios. Porém, 60% dos líderes temem por problemas de compliance e 63% declararam que não possuem habilidades internamente para gerenciar com confiança a tecnologia.

A Inteligência Artificial ainda é vista como uma espécie de caixa preta. As empresas não têm tanta clareza sobre como IA toma decisões, estão preocupadas se suas recomendações são isentas de qualquer viés e precisam de recursos qualificados para gerenciar tudo isso.

Para quebrar com essa barreira de adoção a IBM lançou globalmente uma tecnologia que dá às empresas uma nova transparência na IA. O novo software como serviço é capaz de aumentar a confiança na máquina ao mostrar de forma fácil como a IA toma decisões e se essas decisões podem estar enviesadas.

A nova ferramenta que roda na IBM Cloud pode ajudar clientes e parceiros não só no uso do Watson, mas também no treinamento de outras soluções cognitivas do mercado.

Veja o vídeo abaixo com explicações e um Q/A das principais questões.:

 

 

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
Head of Watson & Cloud Platform Sales Brazil
MBA Cloud Computing Teacher

E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87
Slide Share: http://www.slideshare.net/ThiagoViola

Status

O maior evento da IBM Brasil neste ano, o IBM Cloud Discovery. Increva-se já !!!

 

Olá Leitores,

O maior evento da IBM Brasil neste ano, o IBM Cloud Discovery.

Vocês não podem ficar fora dessa ! O IBM Cloud Discovery é um evento gratuito projetado para reunir especialistas e interessados em Cloud Computing para se relacionar e aprender sobre a IBM Cloud.

Você terá a possibilidade de explorar as mais recentes novidades sobre Cloud, Inteligência Artificial, IoT, Analytics, Blockchain, Segurança e muito mais em um encontro com os mais renomados especialistas de tecnologia.

Serão mais de 50 sessões técnicas e de negócios, mais de 10 laboratórios práticos, Discovery Center com exposição de soluções da IBM e de Parceiros de Negócios e um desafio exclusivo para desenvolvedores no Bluehack, o hackathon da IBM que acontecerá simultaneamente ao evento.

Data: 08 e 09 de outubro
Local: Pro Magno Centro de Eventos
Endereço: Av. Profa. Ida Kolb, 513 – Casa Verde, São Paulo

Inscreva-se hoje mesmo para o evento presencial ou adicione o evento em seu calendário para acompanhar a transmissão ao vivo!

 

Confira mais detalhes no convite anexo ou faça sua inscrição através do link:

ibm.biz/ibmclouddiscovery

 

 
ibm cloud

 

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
Head of Watson & Cloud Platform Sales Brazil
MBA Cloud Computing Teacher

E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87
Slide Share: http://www.slideshare.net/ThiagoViola

 

Nota

Quadrante Mágico de Cloud IaaS – Gartner 2018.

Olá Leitores,

No dia 22/05, a Gartner publicou o 2018 Magic Quadrant para Cloud Infrastructure as a Service com grandes mudanças !!!

Antes de começarmos, para quem não conhece, o quadrante é uma representação gráfica desenvolvida pelo Gartner para o mercado tecnológico que avalia determinado período, tendo como objetivo ser uma ferramenta de pesquisa para apoiar os executivos nas tomadas de decisões de cada negócio. Ele está dividido em 4 tópicos que definem: líderes, desafiadores, visionários e concorrentes de nicho de mercado.

Neste quadrante a avaliação é orientada a IaaS. Infraestrutura como serviço é definido como uma oferta padronizada e altamente automatizada, onde os recursos computacionais, complementados por recursos de armazenamento e rede, são de propriedade de um fornecedor de serviços e oferecido ao cliente sob demanda.

Screen Shot 2018-05-23 at 11.33.10 PM

O que aconteceu ?

A primeira e mais drástica mudança que ocorreu no último ano é o número de players que o Gartner decidiu destacar em seu relatório: o número de fornecedores passou de 14 para apenas 6 neste ano.

Por que isso aconteceu ?!  Um dos critérios chave que devemos prestar atenção ao ler qualquer um dos MQs do Gartner é o que eles chamam de “critérios de inclusão”. De um ano para o outro, existe um refinamento e modificação nas condições avaliadas.

O que vemos em 2018, foi que o Gartner concentrou-se em “fornecedores globais que atualmente têm ofertas integradas de IaaS e PaaS hiperescala, ou que atualmente estão desenvolvendo essas ofertas”.

Então, aqui está quem está dentro e quem está fora (por ordem alfabética):

DENTRO: Alibaba Cloud, Amazon Web Services, Google, IBM, Microsoft e Oracle.
FORA: CenturyLink, Fujitsu, Interoute (adquirida pela GTT em fevereiro), Joyent (de propriedade da Samsung), Virtustream (de propriedade da EMC), NTT Communications, RackSpace e Skytap.

 

Qual a percepção macro dos players no quadrante  ?

Tivemos a permanência da AWS e Microsoft no quadro de LEADERS e a promoção do Google Cloud para este mesmo .

Já provedores como IBM, Oracle e Alibaba Cloud juntos foram movidos do quadro de VISIONARIES para NICHE PLAYERS.

 

Qual foi o foco do Gartner neste ano  ?

Este ano, o Gartner escolheu critérios de inclusão mais rigorosos,  incluir apenas fornecedores globais que atualmente têm ofertas integradas de IaaS e PaaS com hiperescala ou que estão atualmente desenvolvendo essas ofertas. Essas mudanças refletem a crença da Gartner de que as avaliações de clientes estão atualmente focadas principalmente em fornecedores para adoção estratégica em uma ampla gama de casos de uso.

 

O que podemos evidenciar de diferente ?

O Gartner considerou Bare-metal, mas nem todos.

O Gartner avaliou apenas os servidores em Cloud que podem ser provisionados automaticamente em menos de dez minutos (de preferência cinco) e são cobrados de hora em hora.

Mesmo que a maioria dos clientes de bare metal hoje se preocupa mais com a flexibilidade e o desempenho oferecidos pelos servidores bare-metal do que com o tempo de provisionamento, o Gartner adotou a premissa provisionamentos.

 

O Gartner olhou com atenção para o tema DISPONIBILIDADE no ano passado.

A ferramenta de avaliação evidenciada no relatório é o proprio Gartner Cloud Decisions o qual avalia a disponibilidade de cada provedores Aqui está a lista de disponibilidade:

– Alibaba – 100%
– AWS – 99.998%
– IBM – 99.9989%
– Google – 99.9985%
– Microsoft – 99.9951%
– Oracle – 99,9834%

 

Como escolher seu provedor de Cloud?

Além do relatório mais recente da Gartner, você encontrará uma ampla orientação através do IDC, Forrester e outras fontes de pesquisa. Montar uma estrutura comparativa para pensar nas várias opções e uma boa idéia e avaliar tendencias futuras como essas abaixo é ponto chave:

  • Quanto de seus dados deve estar em Cloud? De acordo com a pesquisa mais recente, 77% das empresas estão indo para a nuvem. No entanto, 37% das empresas têm todos os seus dados na nuvem. Você estará “all-in” ou estará no modo híbrido? De qualquer forma, você provavelmente precisará considerar uma camada semântica universal.

  • Tecnologia moderna. Princípios antigos? Não importa o quão “revolucionária” a nuvem apareça, não acredite que você será capaz de esquecer seus requisitos de negócios corporativos.

    Você precisará de uma evolução.
    Não confunda com revolução!

  • Uma Cloud ou MultiCloud?

    Independentemente de você ser novo na Cloud, migrar cargas de trabalho locais para a nuvem ou executar seu Data Lake em um modo híbrido, será necessário considerar “vendor lock-in”.

  • Escolha uma cloud que garanta segurança e forneça serviços de ponta a ponta!

    Provedores de cloud devem fornecer da camada mais basica de IaaS (Infraestrutura como Serviço) e ser pronta para a entrega de IA (Artificial Intelligence) – com novas soluções, incluindo serviços para segurança contínua, Container Service, Kubernetes, IA, até ferramentas de Deep-Learning as a Service (DLaaS).

 

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
Head of Watson & Cloud Platform Sales Brazil
MBA Cloud Computing Teacher

E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87
Slide Share: http://www.slideshare.net/ThiagoViola

Nota

Comparação de funcionalidades dos principais provedores de Cloud Publica

Olá Leitores,

O número de funcionalidades dos principais provedores em Cloud Publica tem aumentado dia após dia. Ter um site que consolida todas essas informações pode muitas vezes facilitar a comparação e o uso dos recursos.

Este site é gerenciado por um profissional que tem ‘canal aberto’ para que possamos interagir e sugerir inclusões e alterações.

Acesse a referência para ter acesso ao comparativo completo:  http://comparecloud.in/

 

Screen Shot 2018-05-13 at 22.50.30

 

 

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
Head of Watson & Cloud Platform Sales Brazil
MBA Cloud Computing Teacher

E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87
Slide Share: http://www.slideshare.net/ThiagoViola

 

Status

Tecnologia: O que esperar para 2018 ?

Olá Leitores, Bom Dia.

No ano passado percebemos que as empresas começaram a impulsionar ambientes integrados, buscando a montagem de arquiteturas com aplicações existentes como uma forma de acelerar a inovação. Agora, chegamos em 2018 acompanhados de grandes avanços em tecnologias disruptivas que estão mudando cada vez mais a paisagem da TI.

O Gartner já projetava um crescimento de 4% para o setor de tecnologia da informação em 2018. Em relação a valores, a estimativa é que os gastos globais das empresas com TI totalizem US$ 3,7 trilhões em 2018 – um aumento de 4,3% em relação aos US$ 3,5 trilhões estimados para 2017.

Quanto às tendências de tecnologia para 2018 ?  Vamos a elas:

Inteligência Artificial (AI)

O amadurecimento e crescimento deste tema trará as empresas a possibilidade de cada vez mais criar sistemas que aprendem, adaptam-se e atuam de forma autônoma para a tomada de decisões.

As APIs para os dados serem trabalhados assim como a análise deles estão se tornando cada vez mais acessíveis, permitindo a adoção dessas tecnologias por negócios convencionais que buscam tomar decisões melhores e mais rápidas.

O uso de IA aplicado no processo de tomada de decisões, renovação de processos e modelos de negócio com certeza será peça chave para inovar o relacionamento com clientes.

artificial-intelligence-2167835_1280

 

Cloud Computing (Adoção em massa)

Cloud já é uma realidade a tempos mas temos visto uma certa morosidade nas organizações para a adoção em massa desta tecnologia.

Quando coloco Cloud Computing (Adoção em massa) estou certo que este ano teremos uma forte crescente. Se olharmos para traz, veja quantas barreiras já superarmos: riscos de segurança, privacidade de dados, implementação de ambiente, migração de aplicação, dificuldades em entendimento de TCO e ROI.

Agora estamos em outra fase, o forte investimento de grandes empresas como IBM, Google, AWS, Oracle, Microsoft faz com que o mercado amadureça e entenda que Cloud já é a realidade necessária para seu negócio.

Em geral,o uso de Cloud Publica, Hibrida, Privada, MultiCloud e qualquer que seja sua modalidades IaaS, PaaS ou SaaS, fará com que médias e grandes empresas além das instituições do governo finalmente abrirão as portas para Cloud.

cloud em massa

 

Blockchain

Em sua última pesquisa o Gartner afirmou que Blockchain é uma das tendências de TI que deve evoluir significativamente nos próximos dois ou três anos.

No ano passado já percebemos a formação de algumas  ‘cadeias’  de negócio e à medida que esses pilotos e provas de conceito amadurecem, teremos uma evolução natural onde esses ambientes caminharão em direção a sua produção.

O Blockchain sendo um sistema que registra todas as transações logo trará ferramentas poderosas para automatizar operações e processos nos negócios, e eles se tornarão facilitadores de produtividade para empresas que buscam aproveitar a tecnologia.

currency-3077534_1280

 

IoT (com inteligência)

2018 acontecerá um avanço significativo e quantitativo na incorporação de IoT em veículos, organizações, casas e cidades conectadas. Em breve estima-se que haverá 100 bilhões de dispositivos conectados e, rapidamente, 1 trilhão.

Quando coloco no título IoT (com inteligência) quero dizer que a magnitude da combinação de dados, com o poder de processamento, alinhado com o poder da Inteligência Artificial, vai ajudar as máquinas a orquestrarem melhor os recursos físicos e humanos.

O alinhamento entre Cloud, IoT e AI de acordo com um relatório publicado pela IDC, teremos um crescimento de 40% nos investimentos na América Latina, onde o mercado brasileiro tem grande participação.

iot

 

Caso tenham interesse a pesquisa do Gartner com os executivos de tecnologia de informação do mundo todo para mapear as tendências do mercado de TI nos próximos anos e verificar quais são os desafios enfrentados pelos profissionais do setor, pode ser encontrada neste LINK.

 

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
Head of Watson and Cloud Digital Sales Brazil
SoftLayer Subject Matter Expert

E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87
Slide Share: http://www.slideshare.net/ThiagoViola