Status

Tendências do mercado de TI. IDC Brazil Predictions 2016

Olá Leitores, Boa Noite.

Hoje (28/01) no período da manhã fui convidado através de membros do IDC a assistir uma apresentação com o tema: Quais são as tendências de mercado de TI para este ano de 2016, com nomenclatura mais específica: IDC Brazil Predictions.

idc-logo

Devo iniciar dizendo que o evento foi espetacular e ressaltar que a hora de surfar no mundo de inovações para tecnologia da informação É AGORA !!!

Ao viramos a página de um ano conturbado como o de 2015 e movermos nosso foco para 2016, fica evidente que com a dinâmica dos negócios, empresas precisam se adaptar e crescer de forma veloz, com crescimento acendente de aplicações, cloud, entrega de softwares como serviços, redes, links, etc.

Tenhamos certeza que 2016 será um ano de desafios na busca por eficiência e diferenciação.

Mas como saber qual é a tendência e onde o mercado está preparado a ouvir e comprar tais novidades ?

Para responder essa e outras questões irei me remeter diretamente a tópicos da palestra. De maneira geral, o IDC indicou como forte crescimento para 2016 no mercado de TI a 3a plataforma, conhecida por componentes como: Mobile, Cloud, Social e Analytics essas não irão perder ritmo.

app_13Dentre as muitas previsões relatarei minhas anotações e percepções as quais me tomaram grande atenção:

1. Atente-se a transformação digital

Nos próximos anos a transformação digital irá estreitar relação entre IT e LOB na busca de objetivos de negócios. Torna-se extremente necessário desenvolver novos líderes que tenham conhecimento e reconhecimento no mercado para cada tema.

2. Customer Experience para aplicações

Novas aplicações já serão desenhadas para rodarem em Cloud, com grande atenção para o Customer Experience, ou seja, não basta apenas terem uma cara bonita, as aplicações devem ter integração com o legado, velocidade, serem executada de qualquer lugar e em qualquer dispositivo.

3. Crescimento de dispositivos Mobile

Apesar de estar desacelerando o número de vendas para dispositivos móveis atingirá a casa de + 40M de celulares, além de 6M de PCs e ainda 5M de tablets.

Tendências futuras serão dispositivos como: drones, hologramas, impressões 3D, wereables. – interesse grande porém em menor escala de investimento e crescimento.

4. IoT – Internet das Coisas

U$4.1 bilhões para 2016, teremos muitos dispositivos que passarão a serem conectados.
Crescimento não só no mercado corporativos mas também no doméstico.
Uma informação importante é que até 2018 o uso de dados superará o consumo de voz !

5. Mobilidade Corporativa

Mobilidade corporativa: maior foco em eficiência com maior controle. Agora o BYOD apesar da grande exposição deverá terá maior maiores restrições e uma crescente em segurança.

6. Network – Interconexão entre empresas e data centers

Como empresas e consumidores continuam virtualizando seus aplicativos e recursos de rede, veremos um aumento no uso e consumo de redes (VPN e Direct Link) entre empresas e data centers na região, uma vez que o conteúdo precisa estar próximo do usuário – especialmente para as aplicações sensíveis à latência.

7. Cloud

Poucos elementos na tecnologia corporativa terão um crescimento tão intenso em 2016 quanto Cloud Computing !

Cloud Publica IaaS ainda despertará maior atenção e será a porta de entrada para o mundo de Cloud. – Cloud pública crescerá acima de 20% ao ano até o fim da década !

Cloud Privada crescimento a longo prazo dependendo do parque de servidores ativos em cada cliente e veremos uma convergência muito forte para uso da Cloud Híbrida.

Nível de maturidade no Brasil é inferior ao dos países maduros, mas alinhado com a América Latina.

8. Analytics

Irá se multiplicar, impulsionados pela necessidade de resultados de curto prazo.
Existe uma escassez de skill para profissionais mas continua na pauta e deve começar a se resolver em 2017. Crescimento com o entendimento é o nível de qualidade de informações providas.

9. Social

1 em cada 4 empresas iniciarão novos projetos voltados para Social em 2016.
O intuito aqui é prover melhor experiência e interação dentro da empresa e entre clientes fornecedores.


 
Conclusão:

2016 será um ano desafiador, mas nos Brasil ainda estamos no TOP 10 de consumo de tecnologia.  A busca por eficiência e diferenciação dos negócios continua demandando o uso mais rápido e acertivo de informações.

O mercado de TI no Brasil crescerá 2.6% em 2016.

Obrigado,


Thiago Viola
IBM Cloud Services Sales Manager
SoftLayer Subject Matter Expert

E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87
Slide Share: http://www.slideshare.net/ThiagoViola

Anúncios

Os desafios da TI na transformação para Cloud

Olá Leitores, Bom Dia.

Recentemente o IDC realizou uma pesquisa onde eles estimam que mais de 75% das empresas no mundo já tenham hoje alguma estratégia nesta plataforma ou têm planos para estarem lá em breve.

Segundo a IDC, em 2015, serão investidos no mundo mais de US$ 2,1 trilhões em TI (hardware, software e serviços), representando um crescimento estimado de algo em torno de 3%. Boa parcela deste crescimento virá dos investimentos em cloud.

De acordo com recente pesquisa realizada pela IDC, a boa notícia para o canal neste tempo de transformação para a nuvem é que os clientes continuam interessados em comprar TI por meio do canal. As empresas, consideradas por eles como seus consultores de confiança, oferecem soluções de um número variado de fabricantes, permitindo assim a escolha da opção certa que atenda às suas necessidades. E, melhor, estes parceiros deverão continuar tendo a preferência de compra por parte dos clientes.

duvida

86% das empresas que responderam à pesquisa indicaram que compram soluções de TI por meio do canal. Embora a primeira impressão é a de que nas ofertas na nuvem o fabricante fica mais próximo do cliente, supostamente, diminuindo a importância deste meio de compra, só 16% responderam à pesquisa alegando comprar diretamente do fabricante.

Outro dado interessante deste estudo é que 72% dos clientes admitiram que valorizam um “bom” serviço, como sendo mais importante que só o preço. Somente 28% sacrificariam este tópico para ter um melhor preço. Isso mostra a grande oportunidade para o canal – que agrega valor às suas ofertas – que continuará a ser valorizado nestes novos tempos de transformação para a nuvem.

O grande desafio neste cenário pode não estar tão claro nesta discussão de transformação do negócio do canal para a nuvem. As soluções nesta plataforma vão muita além da infraestrutura e aplicações que estavam sob responsabilidade da área de TI.


Em minha opinião, nos últimos anos os investimentos em Cloud Computing tem tornado o mercado realmente em um grande consumita e assim podemos observar as reais tendências de dimensão de volume e velocidade para este modelo de negócio.

Cloud trará as empresas a oportunidade para recriem seus modelos de negócios, para que otimizem investimentos, reduzam custos e de um modo geral redefinam suas estratégias de TI.

Confira a pesquisa na integra: ComputerWorld

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
IBM Cloud Services Sales Manager
SoftLayer Subject Matter Expert

E-mail: thiagovola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87
Slide Share: http://www.slideshare.net/ThiagoViola

Resultados da pesquisa sobre Cloud Computing

Olá Leitores, Boa Tarde.

Quero abrir essa publicação agradecendo e muito a todos que dedicaram seu tempo para responder a pesquisa sobre Cloud Computing feito aqui no último post.

O questionário ficou disponível durante 5 dias e durante esse período tivemos a participação de exatamente 58 pessoas, de 6 localidades diferentes (Brasil, USA, França, Rússia, Portugal e México).

Os resultados atingidos com meus comentários estão a seguir.:

A primeira questão: Você utiliza Cloud Computing em sua empresa ? apresentou resultados bem satisfatórios e de acordo com os recentes estudos públicados por IDC, Gartner, entre outros. Veja mais neste dois links (1.link) (2.link)

Temos hoje uma utilização massiva em Cloud de clientes que começaram a cerca de 1 ano, o que nos demonstra maturidade e aceitação do mercado, porém que temos ainda um longo caminho a trilhar com o conceito de Cloud.

1

 

 

 

Na segunda questão: Qual o provedor de Cloud de sua preferência ? aqui o intuito era justamente saber a preferência e o uso no dia a dia de uma solução em nuvem.

Tivemos como resultado o Google e AWS disputando o primeiro lugar, seguido pela Cloud IBM SoftLayer e após Outros provedores (Rackspace, Digital Ocean, LocaWeb e Uol Host) foram os selecionados e para minha supresa o Azure da Microsoft não recebeu nenhum voto.

Lembrando que o foco aqui era Cloud (IaaS).

2

 

 

 

 

Na terceira questão: Qual a demanda que você executa na nuvem ? tivemos uma grande mescla e em meu ponto de vista isso é ótimo !!!

Liderado por backup, sem duvida nenhuma devido ao baixo custo e alto grau de garantia, redundância e segurança esse liderou como principal workload de execução hoje na nuvem.

E depois uma aceitação de ambiente web, novos workloads e até CRM/ERP na Cloud.

3

 

 

 

 

 

Sendo assim, agradeço mais uma vez a participação de todos e agora temos dados ‘fresquinhos’ para utilizarmos em nosso dia a dia.

Obrigado pessoal, Abraços,


Thiago Viola
IBM Cloud Services Sales Representative
SoftLayer Subject Matter Expert

E-mail: thiagovola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

Status

Mercado de TI brasileiro cresce e pode ficar acima do PIB em 2015

Olá Leitores, Boa Tarde.

Esse mês a Info Abril Noticias publicou uma reportagem animadora para o mercado de TI brasileiro e com notícias melhores ainda para profissionais e empresas diretamente ligadas a Cloud Computing.

clousadasdd


Apesar do baixo crescimento econômico, o setor da tecnologia da informação tem chances de crescer muito este ano.

Segundo a empresa de consultoria e pesquisa de mercado International Data Corporation (IDC), o mercado de TI brasileiro pode ficar bem acima do PIB do país e deve terminar este ano como o sexto setor com mais investimentos, com expectativa de chegar a 165,6 bilhões de dólares, 5% mais que no ano passado.

A IDC prevê também que a movimentação global no setor supere os 3,8 trilhões de dólares – mesmo número previsto pela consultoria Gartner Group. Além disso, ela destaca que os gastos com Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) terá um crescimento de 7,1% em relação ao ano passado nos países emergentes. Já nos países desenvolvidos o aumento será de 1,4% e, na América Latina, a previsão é de 5,7%.

Ainda de acordo com a IDC, a tendência para este mercado em 2015 é de que 1/3 dos investimentos globais sejam para a Terceira Plataforma – a qual abrange soluções na área de TI como serviços na nuvem, redes sociais, aplicações de mobilidade, big data e analytics.

A seguir, veja a projeção de crescimento para três principais serviços dessa área:

Cloud Computing

De acordo com a consultoria IDC, os serviços na nuvem serão responsáveis por movimentar 118 bilhões de dólares em 2015.

Através da SoftLayer você tem disponivel os principais recursos e serviços de Cloud Computing acessíveis no mercado. Acesse agora mesmo: www.softlayer.com


Sistemas de armazenamento e servidores

A Gartner Group prevê que os gastos com sistemas de armazenamento e servidores cheguem a 143 bilhões de dólares, representando um aumento de 1,8% em comparação a 2014. Já no braço empresarial do mercado de software o setor pode aumentar em 5,5%, chegando aos 335 bilhões de dólares.

Está pensando em uma solução de backup para seu laptop pessoal? ou para seu File Server ? ou um repositório para compartilhamento de arquivos ?

A SoftLayer oferece desde SAN e NAS até o Object Storage, com custo de $0.04 Gb/mês.

Veja na prática como funciona: Object Storage na prática

 

Big Data e Analytics

Não é novidade que as áreas de big data e analytics estão em crescimento. Segundo a IDC, elas podem responder por 125 bilhões de dólares ao longo do ano. Terão destaque projetos de big data com soluções de analytics rich-media (imagem, áudio e vídeo). O fornecimento de soluções de dados como serviço com empresas que concedem plataformas de analise na nuvem também crescerá.

Teste agora mesmo uma solução de Big Data com Cloudera Hadoop através da SoftLayer via o link .

Sobre Analytics existem recursos  dedicados e prontos a serem utilizados através do BlueMix nosso PaaS.

 

Mais contratações no mercado de TI

Segundo a Brasscom (Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação) a contratação de profissionais de TI deve ter um aumento de 30% até 2016. O mercado já emprega, atualmente, 1,3 milhão de pessoas.

Busque sua capacitação através de treinamentos, certificações, livros e estudos sobre Cloud Computing em seus diversos seguimentos.

1. Certificações Cloud Computing
2. MBA Cloud Computing
3. Treinamentos Gratuitos Cloud Computing
4. Livros de Cloud Computing [em breve]

 

Dessa forma, o desenvolvimento do setor passará a buscar candidatos com habilidades além das técnicas, como conhecimento em gestão, negociação, comunicação e criatividade.

Confira a reportagem na integra através desse link.

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
IBM Cloud Services Sales Representative
SoftLayer Subject Matter Expert

E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

O mercado de Cloud no Brasil – Estudo IDC – Capgemini

Bom Dia Leitores,

Essa semana tive acesso ao relatorio de estudo da Capgemini sobre o mercado de Cloud no Brasil com base em 415 entrevistas locais com executivos de TI, trata-se do Business Cloud in Brazil: Research Report 2014.

Inicialmente o estudo revelou o padrão atual de evolução da adoção da nuvem no País, que não dispõe de nenhum modelo predominante.  As empresas menores tendem a usar a nuvem pública, enquanto as médias e as grandes dão preferência às nuvens híbridas. Assim, aproximadamente 26% dos entrevistados afirmaram não ter nenhuma preferência por um modelo específico de nuvem.  Em seguida, a opção varia entre a nuvem pública – o modelo mais atraente, com 24% – privada para as instalações da empresa (18%), híbrida (18%, pública e privada) e privada gerenciada por terceiros (14%). No entanto, a previsão é de que esse cenário mude entre dois anos e cinco anos.

cloud1

Há um sumário na página 05 com os principais conclusões do relatório.:

1. Evolutiva porém não revolucionária para os modelos de Cloud
As organizações brasileiras estão tomando uma abordagem evolutiva, mas abrangente, para a adoção de as-a-service como modelo de compra baseado em nuvem para TI.
SaaS é o modelo de prestação de nuvem mais comumente usado,
com 73% usando atualmente SaaS, e previu a tornar-se quase onipresente no seu take-up em um prazo de dois anos com 92% de todos os entrevistados. PaaS e IaaS têm taxas de adoção mais baixas, mas procure pronta para acelerar a sua aceitação no próximo par de anos.


2. O aumento de Apps Enterprise
O mundo de APPs está se transformando para sistemas inovadores geridos e implementados por um Enterprise App Store (EAS), o que parece estar se tornando rapidamente “a norma” no Brasil. Mais de 70% afirmaram que já tem, ou pretende ter, um EAS no lugar nos próximos dois anos, para melhorar a produtividade da empresa.


3. IaaS prestes a amadurecer e PaaS vai seguir mais devagar

Infrastructure-as-a-Service (IaaS) está em constante desenvolvimento, com a crescente aderencia por ser mais maduro, automatizado e self-service. Enquanto isso há um espaço considerável para o crescimento de migrações do on-premise para o emergente Platform-as-a-Service (PaaS) .


4. DataCenter TI Capex

Apesar de alternativas, os DataCenters brasileiros continuam a consumir uma alta proporção de TI Capex, com 48% gastando atualmente entre 20-60% em DataCenters.
O modelo no entanto está se deslocando em direção a gestão de terceiros, e enquanto atualmente predominantemente on-premise, off-premise é uma tendência crescente.


5. Nuvem Hibrida dominará o espaço de Cloud
O modelo de adoção da nuvem mostra ao longo dos próximos cinco anos, uma clara mudança de nuvem pública para um modelo predominantemente híbrido. A percepção de uma variedade de riscos, relacionados com os dois violações de segurança e soberania de dados, ainda é considerado como os impedimentos mais bem classificados que impedem a absorção de Cloud.


Principais motivadores para mover para mover para um modelo “as a service”: Custo, Inovação e Produtividade.

1

Principais barreiras para adoção de Cloud são Segurança, Questões sobre soberania/localização dos dados, Falta de confiança e Preocupação com os Custos.

2

IaaS se consolida como prática para backup, e cresce nas demais linhas:

3

PaaS tem maior oportunidade em Web Severs e Databases.

4

Fonte de pesquisa : Capgemini WebSite

Obrigado e abraços,


Thiago Viola
IBM Cloud Services Sales Representative
SoftLayer Subject Matter Expert

E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

Citação

3 Previsões de Cloud Computing para 2015

Bom Dia Leitores,

Esse post será destinado a analisarmos o que 2015 nos promete para Cloud Computing.

previewEm primeira instância, sem dúvida nenhuma, a adoção da nuvem está em ascensão. Um relatório recente da IDC prevê que o mercado global de cloud poderá alcançar o valor de $118.000 milhões dólares em 2015, o que se traduz em um crescimento de 23% em comparação para 2014.

Fizemos contato com alguns dos principais contribuidores e especialistas do IBM Cloud WorldWide para ver o que eles vêem de Cloud para 2015.


Doug Clark, IBM UKI Cloud Leader

Vamos continuar vendo um crescimento no auxilio a interoperabilidade e integração (comercial e técnica) como as exposições / anúncios feitos pela IBM com a SAP e mais tarde entre IBM e Microsoft para Azure e .Net. Isso vai ajudar ambientes de desenvolvimento em nuvem como Bluemix, aumentando a agilidade e velocidade para o mercado, mas também abrangendo algumas das paisagens críticas de negócios mais robusto perfeitamente explorados em formatos de nuvem híbrida. Vamos acabar com apenas um par de ambientes de desenvolvedor dominantes até o final de 2015, Bluemix sendo um deles, o resto será nicho.

 

Mac Devine, Vice-presidente SDN Cloud Services; CTO da IBM Cloud Services Division

2015 está se moldando para ser o ano para a Internet das Coisas (IoT). Aqui estão algumas previsões de algumas coisas que eu esperaria ver no ano que vem:

A discussão IoT passará longe de previsões sobre o número de coisas ea oportunidade de receita potencial e em direção a verdadeira IoT casos de uso com números reais das coisas e com a receita real que está sendo gerado.

Haverá uma mudança da BigData e analytics serviços orientados lote para a Internet das coisas e um abraço significativo de serviços de dados e análises em tempo real para a Internet das coisas.

“Histórias de dadosInternet das coisas vai se tornar mais comum, o que significa que ele deixará de ser um cientista de dados com múltiplos doutorados para obter valor a partir dos dados gerados por IoT casos de uso.

Comércio colaborativo e seguro vai se tornar mais comuns em todo o ecossistema IoT como tecnologias como BlockChain e BitCoin continuam a amadurecer rapidamente e ganhar uma maior aceitação por parte dos clientes da empresa.

 

Michael J. Fork, Storage Product Manager for SoftLayer, an IBM Company

Em 2015, eu acho que o declínio dos preços de armazenamento de objetos vai desacelerar. Ele ainda pode ainda cair 50 por cento em vez de cair pelo 60-75 por cento que eles fizeram em 2014 (para 1,5-2 centavos / GB). Em 2015, eu acho que o rendimento será mais do que um duploúnico volume vai se aproximar de 1 GB / segundo.

 

Em minha opinião, Thiago Viola – Cloud Services Sales Representative e SME para SoftLayer, o que podemos esperar para 2015 no mercado de Cloud mais específicamente para o Brasil, é o seguinte:

– Aumento na procura de Cloud Computing para a contratação e uso de soluções tais como: Soluções de Backup, Soluções de Disaster Recovery, Soluções de InfraEstrutura de maneira geral, etc;

– Cloud Públicas porém com modelos de gerenciamento mais qualificados como gestão de projetos, implementação, gerenciamento e suporte;

– Crescimento na adoção de Cloud Hibrida;

– Busca na interligação de conceitos como IaaS e PaaS no caso da IBM SoftLayer e BlueMix;

– Continuação porém com maior intesidade do uso de Cloud com Mobile, Analytics, e o IOT (Internet of Things);

De maneira geral as empresas do Brasil conhecendo de forma mais detalhada a Cloud e sanando dúvidas e limitações como segurança, banda, etc, a busca e o uso da Cloud terá um crescimento exponencial, não tenho dúvidas !


 

Obrigado e abraços,

Thiago Viola – IBM Cloud Representative
E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

Retrospectiva 2014 – Posts mais acessados

Olá Leitores,

Para fechar o ano esses são os posts com mais visualizações em 2014.

relatorio

1° – Como instalar a interface gráfica no Linux Cent OS da SoftLayer ?
2° – Utilizando API(s) na SoftLayer [Pratica]
3° – IDC: Previsões de TI na America Latina 2015
4° – Gartner – Quadrante Mágico para Cloud IaaS – 2014
5° – BlueMix PaaS – A plataforma de serviço da IBM baseado na SoftLayer
6° – Como instalar um Sistema Operacional (Oracle Linux) em uma VM na SoftLayer?
7° – Deploy de uma InfraEstrutura VMWare na SoftLayer (Public Cloud)
8° – Object Storage – Armazenando seus arquivos na nuvem – Parte III [Prática com Ferramentas]
9° – Criando um Virtual Server na SoftLayer
10° – Cliente IBM SoftLayer: One Cloud Portal – Suas nuvens em um só lugar !

Obrigado e abraços,


Thiago Viola – IBM Cloud Representative
E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87