Como configurar e acessar uma unidade de File Storage no Linux ?

Leitores, Bom Dia.

Na última semana fiz o post sobre Novo STORAGE [Endurance] na Cloud IBM SoftLayer e após esse post recebi 2 emails questionando sobre como configurar e acessar essa unidade de File Storage em um Sistema Operacional Linux ?

Sendo assim, a requisição do volume está disponível no link acima e a configuração relatarei nos passos abaixo.

Os steps abaixo são requeridos para conectar um sistema Operacional Linux Red Hat Enterprise Linux 6.0 com um Network File System (NFS).

1. Instale os packages/tools requeridos

[root@TEST-RHEL6]# yum -y install nfs-utils nfs-utils-lib

2. Faça o ‘mount’ do remote share

[root@TEST-RHEL6]# mount -t “nfs version” -o “options” “hostname”:/”username” /mnt

[root@TEST-RHEL6 mnt]# mount -t nfs4 -o hard,intr nfsdal0501a.service.softlayer.com:/IBM01SV278685_7 /mnt

3. Verifique se o ‘mount’ foi feito com sucesso.

[root@TEST-RHEL6]# df -h
Filesystem Size Used Avail Use% Mounted on
/dev/xvda2 25G 1.4G 22G 6% /
tmpfs 1.9G 0 1.9G 0% /dev/shm
/dev/xvda1 97M 51M 42M 55%

4. Navegue até o ponto de montagem

[root@TEST-RHEL6]# touch /mnt/test
[root@TEST-RHEL6]# ls -la /mnt
total 12
drwxr-xr-x 2 nobody nobody 4096 Sep 8 15:52 .
dr-xr-xr-x. 22 root root 4096 Sep 8 14:30 ..
-rw-r–r– 1 nobody nobody 0 Sep 8 15:52 test

5. Faça o ‘mount’ do remote share para o boot.

(hostname):/(username) /mnt “nfs version” “options” 0 0
Using the instance from the mounting the remote share example, the entry would be:
nfsdal0501a.service.softlayer.com:/IBM01SV278685_7 /mnt nfs4 defaults,hard,intr 0 0

6. Verifique se há algum erro no arquivo de configuração.

[root@TEST-RHEL6 /]# mount -fav

Se o comando for executado sem erros o setup foi feito com sucesso.
Obrigado e abraços,


Thiago Viola
IBM Cloud Services Sales Representative
SoftLayer Subject Matter Expert

E-mail: thiagovola@yahoo.com.br
LinkedIn: br.linkedin.com/in/thiagoviola
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

Citação

Storage – QuantaStor (NAS/SAN) na SoftLayer – Parte II [Configuração]

Caros Leitores, Bom Dia.

Prosseguindo com o post teremos agora o Storage – QuantaStor (NAS/SAN) na SoftLayer – Parte II [Configuração] .

O passo a passo que será descrito, tem como criador mais uma vez meu colega de trabalho Gerson Itiro Hidaka, o qual gostaria de agradecer publicamente por permitir a postagem do artigo. Fizemos em conjunto a revisão final para a entrega final do post.

O QuantaStor SDS é um sistema operacional e pode ser implementado diretamente sobre os servidores x86 (commodity server) e transformá-lo em uma controladora de storage com gerenciamento simplificado através de Interface Intuitiva e Web (HTML5). Ele foi criado para atender a necessidade dos profissionais de TI quanto a questões de armazenamento. Possui tecnologia de escalabilidade horizontal (scale out) e suporte para os principais protocolos SAN (Storage Area Network) e NAS (Network Attached Storage) incluindo iSCSI, NFS e CIFS.

quanta1

Configuração do QuantaStor

1. Acesso ao QuantaStor Console

Utilizando o Web Browser acessar a console do QuantaStor utilizando o IP privado do servidor Bare Metal.

http://<IP Privado>

Digitar o nome de usuário e senha. O Nome de usuário padrão é o “Admin” e a senha está descrita na console da SoftLayer (root).

quanta2

Esta é a console do QuantaStor. Através desta console de gerenciamento podemos criar os Storage Pools (Array dos Discos), criar os Storage Volumes (iSCSI) ou o Network Share (compartilhamento de rede NFS ou CIFS).

quanta3

2. Criação do Storage Pool

O Storage Pool é um agrupamento lógico de discos em um pool. Através dos pools de discos podemos criar as LUNs e os compartilhamento de rede. O QuantaStor tem suporte para o ZFS e XFS. O ZFS é mais versátil enquanto que o XFS tem algumas vantagens de integração com o AD e com também com relação a performance.

No menu do lado direito da console clicar em “Storage Pools”.

quanta4

Clicar com o botão direito do mouse na opção “Storage Pools” e selecionar o item “Create Storage Pool”.

Preencher os campos “Name” e “Description”.

Através do campo Pool Type, escolher ZFS ou XFS.

OBS: ZFS permite a associação de discos SSD como Cache. O tipo XFS permite a configuração de permissionamento integrado do Active Directory.

Através do campo “RAID Type”, selecionar o tipo de RAID que utilizará neste Storage Pool.

Selecionar os discos que farão parte deste “Storage Pool”.

Clicar no botão “OK”.

quanta5

O Storage Pool que acabou de criar aparecerá na seção “Storage Pool”.

quanta6

Na parte central da console também é possível verificar os detalhes dos Storage Pools criados.

quanta7

3. Criação do Compartilhamento CIFS

Criar um serviço CIFS para integração com o Active Directory.

Clicar com o botão direito do mouse sobre o item “Network Share” e selecionar o item “CIFS Services Configuration”.

Preencher os campos com as informações do domínio Active Directory.

Clicar no botão “OK”.

quanta8

Criar o Network Share

Clicar com o botão direito do mouse sobre o item “Network Share” e selecionar o item “Create Network Share”.

Preencher os campos “Name” e “Description”.

Selecionar o “Storage Pool”.

Determinar o tamanho do Volume na seção “Storage Pool Information”.

Selecionar o item “Enable CIFS/SMB Access” para o compartilhamento Windows (CIFS).

OBS: Caso seja necessário o acesso através de NFS (Linux), selecionar o item “Enable Public NFS Access”.

quanta9

Clicar no botão “CIFS/SMB Advanced Settings”. A tela abaixo aparecerá na console.

Selecionar os usuários e/ou grupos que terão acesso ao compartilhamento.

quanta10

Caso tenha configurado a integração com o Active Directory, será possível selecionar os usuários e grupos do domínio.

Clicar no botão “OK”.

quanta114. Referências

Com o termino desse post vocês estarão habilitados para provisionar e configuração um storage QuantaStor.

Caso tenham alguma dúvida estou a disposição.

Obrigado e abraços,


Thiago Viola – IBM Cloud Representative
E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

Status

Storage – QuantaStor (NAS/SAN) na SoftLayer – Parte I [Provisionamento]

Caros Leitores, Bom Dia.

Algumas pessoas perguntam como posso provisionar um storage na Cloud IBM SoftLayer e assim entregá-lo em forma de SAN e/ou NAS para os servidores.

Basicamente estamos falando sobre o QuantaStor. O QuantaStor Software Defined Storage Platform é uma combinação entre SAN (iSCSI / FC) + NAS (NFS) o qual trabalha com um sistema operacional de armazenamento construído sob Linux Ubuntu.

Ele é provisionado com o OSNEXUS para simplificar a administração de um storage  com um portal baseado em navegador intuitivo chamado de QuantaStor Manager.

Ao implantar o QuantaStor em qualquer servidor Bare Metal da SoftLayer você terá o controle imediato sobre uma plataforma de armazenamento de nível empresarial. Com um conjunto de recursos avançados que inclui o gerenciamento de scale-out, thin-provisioning, storage pool/volume resizing, RAID e gerenciamento de cache SSD, etc.

Para demonstrar todo o passo a passo o post foi divido em 2 partes, sendo elas:

Storage – QuantaStor (NAS/SAN) na SoftLayer – Parte I [Provisionamento]
Storage – QuantaStor (NAS/SAN) na SoftLayer – Parte II [Configuração]

Vamos ao procedimento da Parte I [Provisionamento]

1. Para requisitar um Storage acesse a página da SoftLayer.Com

2. Clique sobre Products and Services > Bare Metal Servers > Order Now
storage1

3. Você deverá selecionar um servidor Bare Metal o qual suporte sua necessidade de storage e clique sobre o link Buy Now. No exemplo utilizaremos um equipamento Quad Core Xeon 5504 – 2.00GHz (Nehalem) – 2 x 4MB cache.

storage24. Após clicar sobre o Buy Now, você terá toda a configuração tradicional de um equipamento.

4.1 Selecionar o DataCenter.
storage3
4.2 Selecionar CPU, Memória, Sistema Operacional e Hard Drives. storage4storage5Ao selecionar o Sistema Operacional, torna-se necessário selecionar a opção QuantaStor 3.x e determinar quantos TB serão utilizados.storage6Para os Hard Drives você escolherá quais são os Discos, Tamanhos e RAID.
Para esse post usarei como exemplo as seguintes configurações:

2 x 73GB SAS15K (RAID 1) – QuantaStor Sistema Operacional (73 GB)
4 x 600GB SAS15K (RAID 10) – Banco de Dados Exemplo (1.2 TB)
3 x 1TB SAS (RAID 5) – File Server CIFS/NFS (2 TB)
2 x 100GB SSD – Cache

storage7storage8

5. Selecionar as opções de Rede, banda e velocidade.

storage9

6. Após selecionar as configurações basta clicar sobre o ADD TO ORDER, para ver a aquisição e o provisionamento do servidor.

storage107. Você receberá a tela de Checkout para finalizar e assim provisionar o Storage.

storage11

8. Após o provisiosamento, basta acessar o Painel de Controle [Control.SoftLayer.com]  e trabalhar com o equipamento e o painel do QuantaStor.

No próximo post Storage – QuantaStor (NAS/SAN) na SoftLayer – Parte II [Configuração] teremos o painel de configuração e instruções de como dedicar SAN/NAS para servidores.

Obrigado e abraços,


Thiago Viola – IBM Cloud Representative
E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

Status

Storage Elastico na Cloud? Conheça o Consistent Performance Storage (Block and File) da SoftLayer !

Olá Caros Leitores,

Nessa semana resolvi me aprofundar na questão Storage Elastico na Cloud e suas opções, derivações e variações oferidas pela SoftLayer.

Resolvi abordar 2 Storages oferecidos pela IBM que são Block Storage (Consistent Performance) e File Storage (Consistent Performance) .

Ambos foram desenvolvidos para suportar altas dependências de I/O de aplicações em diferentes e escolhíveis levels de performance.

Esse storage está baseado no tecnologia iSCSI o qual poderá ser provisionado escolhendo um range de tamanho entre 20GB a 12TB e de IOPS de 100 à 6.000.

E para completar o volume poderá ser provisionado tanto em equipamentos Bare Metal quanto para instâncias virtuais.

No entanto pode surgir a pergunta, Porque eu faria uso de um Consistent Performance Storage ? Irei elencar os principais pontos:

  • Servidor File Server na núvem;
  • Dedicação de Blocos para servidores;
  • Movimentação de arquivos;
  • Repositório inicial de acesso à arquivos.
  • entre outros.

Outro detalhe também que gosto de resaltar é a possibilidade de contratação e atribuição à Sistemas Operacionais como Windows e Linux.

O preço a ser pago por esse serviço deverá ser escolhido pelo cliente com relação ao tamanho e ao numero de IOPS e podera ser simulado no portal – http://www.softlayer.com/networked-storage.

Como é de costume futuramente farei um post na prática sobre o uso do Consistent Storage Performance.

Referências: http://knowledgelayer.softlayer.com/procedure/accessing-block-storage-consistent-performance-microsoft-windows

Esperto que tenham gostado!

Obrigado e abraços,


Thiago Viola – IBM Cloud Representative
E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87

IBM SoftLayer segue expandindo seus serviços na Cloud, agora com Elastic Storage utilizando GPFS e Watson

Olá Amigos,

Vamos a mais uma publicação sobre IBM/SoftLayer e a expansão de seus serviços.

A IBM essa semana publicou detalhes sobre a tecnologia de Elastic Storage na Cloud disponível na SoftLayer.

A IBM Elastic Storage on Cloud (ESOC) é baseada na solução de da IBM chamada General Parallel File System (GPFS) e na tecnologia dos supercomputadores Watson. O GPFS ajuda a superar as limitações do NFS que o NAS tradicional enfrenta e Watson tratará de análise de dados.

O ESOC consiste em serviços da SoftLayer que irão utilizar recursos como bare-metal, software de gerenciamento de dados de alto desempenho, ligações InfiniBand entre servidores em cluster e oferece a capacidade de mover dados para a nuvem.

De acordo com Louise Westoby, gerente de marketing de produtos da IBM, a IBM desenvolveu o Elastic Storage em SoftLayer quando se descobriu que o NFS não foi suficiente para atender a alta demanda para análise de dados.

“O NFS era capaz de escalar até 100 terabytes, disse Westoby. Tivemos clientes que em escala bem acima disso. Na nuvem, a gama petabyte é necessário para fazer a computação em nuvem. Elastic Storage é um tipo diferente de sistema de arquivos que é capaz de lidar com essas cargas de trabalho.

O novo serviço pode estar em uma nuvem híbrida ou 100% em nuvem pública da SoftLayer. Elastic Storage funciona como um plano de controle que lida com dados de forma inteligente. O software pode mover automaticamente os dados inativos ou pouco acessados ​​para armazenamento mais barato, deixando os recursos de armazenamento mais caros, como o flash para dados quentes e mais rápido. A gestão é guiada por análises, que utilizam padrões, características de armazenamento e de rede para determinar para onde mover os dados.

O software também inclui recursos de proteção de dados, como backup e snapshots automatizado. software usa uma cópia dos dados para replicação de snapshots, reduzindo a quantidade de armazenamento consumido.

O Elastic Storage suporta OpenStack Swift, assim os usuários podem acessar e gerenciar dados em nuvens privadas e públicas. Ele também funciona com o Hadoop. Os clientes podem implementar aplicações em clusters totalmente suportados usando Elastic Storage IBM Platform LSF. Tambem possui criptografia nativa e recursos de exclusão de dados seguro, assim como o cache do lado do servidor para aumentar o desempenho de I / O.

Os preços do ESOC devem começar em $13.735 por 100 TB por mês, que inclui licenças de software, infra-estrutura e apoio SoftLayer. Isso é quase três vezes o custo de armazenamento de objetos SoftLayer, que custa quatro centavos de dólar por gigabyte por mês ou 4.096 dólares por 100 TB por mês.

Lembrando que a IBM planeja ter 40 locais de centro de dados SoftLayer até o final de 2014.

Referencia: Search Cloud Storage

Obrigado e abraços,


Thiago Viola – IBM Cloud Representative
E-mail: thiagoviola@yahoo.com.br
LinkedIn: https://www.linkedin.com/pub/thiago-viola/35/969/893
Blog: https://thiagoviola.wordpress.com/
Twitter: @ThiViola
YouTube Channel: https://www.youtube.com/user/tviola87